Ação do Outubro Rosa reforça mensagem à população para a importância do diagnóstico precoce, com a realização de exames preventivos e visitas regulares ao médico

A Policlínica Estadual da Região Nordeste – Posse realizou  uma palestra para o público interno da unidade sobre prevenção do câncer de mama. Ministrada pelo médico mastologista Rodrigo Kouzak, a atividade teve o intuito de informar, conscientizar, orientar sobre o autoconhecimento do corpo na luta contra a doença

O médico reforçou sobre a importância do diagnóstico precoce, com a realização de exames preventivos e visitas regulares ao médico. “O câncer de mama representa a neoplasia maligna mais frequente que acomete as mulheres (excetuando-se o câncer de pele não melanoma) em todo o mundo. No Brasil , representa também o principal tipo de câncer na população feminina sendo esperados 57.960 casos novos em 2017”, explicou.

A prevenção consiste em modificar os fatores de risco ambientais e de estilo de vida que promovem o câncer, reduzindo a mortalidade. Estima-se que cerca de 50% dos cânceres são evitáveis. Os dados epidemiológicos coletados nos últimos 50 anos nos mostram a estreita relação entre estilo de vida, fatores ambientais e o surgimento do câncer.

A Sociedade Brasileira de Mastologia recomenda que as mulheres iniciem o rastreamento através da realização de mamografia a partir dos 40 anos de idade e com frequência anual.  na tentativa de se fazer o diagnóstico precoce do câncer de mama e com isso possibilitar tratamento mais efetivo e menos mórbido e com impacto na redução de mortalidade.

Com a chegada do Outubro Rosa e permanência da pandemia do Covid-19, o cenário do câncer de mama no país ainda preocupa. A Campanha reforça sua mensagem à população para a importância do diagnóstico precoce, com a realização de exames preventivos e visitas regulares ao médico.

Fonte: Jornal Diário da Manhã – Samara Veiga

Ajustar fonte