Intuito é chamar atenção dos pacientes e profissionais da saúde sobre a necessidade de se cuidar e cuidar de quem precisa

A Policlínica Estadual de Posse realizou nesta quarta-feira, 9, uma palestra sobre o Dia do Enfermo, comemorado em 11 de fevereiro. A atividade foi conduzida pela assistente social Irani Monsueth e visa chamar a atenção dos pacientes e profissionais da saúde sobre a necessidade de se cuidar e cuidar de quem precisa, tornando a sociedade mais humana.

Para a palestrante, a data é importante principalmente pelo fato de ser uma tentativa de sensibilizar profissionais de saúde e população em geral para a necessidade de todos os tipos de cuidados especiais que as pessoas doentes, quer nos hospitais ou em casa, precisam receber. “O paciente enfermo necessita de cuidado especial, os doentes se sentem mais confortáveis quando ver que o outro tem empatia, e se importa com ele. O apoio familiar e profissional também é imprescindível na soma de cura deste paciente”, disse.

Irani ressalta que os pacientes interagiram e fizeram relatos sobre o processo de cura. “O cuidado integralizado e humano dos profissionais de saúde contribuem para a melhora do quadro de saúde do paciente”, concluiu a assistente social.

Ajustar fonte