Ação mostrou como os impactos emocionais interferem na qualidade de vida

A equipe multidisciplinar da Policlínica Estadual da Região Nordeste – Posse realizou uma ação reflexiva para o público interno da unidade sobre a necessidade de cuidados com a saúde mental, tema abordado na Campanha Janeiro Branco. Os profissionais entregaram papéis e canetas para os participantes pensarem sobre as vivências de 2021 e as metas para 2022. Eles receberam também um balão com frases sobre autoconhecimento e autocuidado.

A ação tem o intuito proporcionar aos pacientes uma Psicoeducação e mostrar como os impactos emocionais interferem na qualidade de vida. “Muitas vezes a saúde mental é negligenciada por ainda ser um tabu na sociedade, desta forma a atividade visa desmistificar o senso comum, oferecer apoio e incentivo às mudanças de hábitos e a buscarem ajuda profissional”, explicou a psicóloga Anna Karolina Rodrigues.

Com a pandemia da Covid-19, houve uma maior incidência de transtornos mentais comuns, ansiedade e depressão. “É preciso se readaptar em busca de novos hábitos, reconhecer os limites e as necessidades. A psicoterapia favorece o autoconhecimento possibilitando mudanças emocionais e comportamentais ao paciente, proporcionando uma melhora da qualidade de vida e bem-estar”, afirmou Anna Karolina.

 

Ajustar fonte