Equipe multidisciplinar da unidade conscientizou sobre o câncer de pele, tumor com maior incidência no Brasil

A equipe multidisciplinar da Policlínica da Região Nordeste Posse realizou nesta quinta-feira, 9, uma atividade educativa com o público interno da unidade sobre o Dezembro Laranja, mês que conscientiza sobre o combate ao câncer de pele. Os profissionais abordaram sobre a patologia, fatores de risco, tratamento e  prevenção.

O Câncer de pele é um tumor com maior incidência  no Brasil e no mundo. É mais comum em pessoas com mais de 40 anos e é considerado raro em crianças e pessoas negras, é causado principalmente pela exposição excessiva ao sol. “A doença ocorre quando as células se multiplicam sem controle e pode ser classificado de duas formas:câncer de pele melanoma, que tem origem nas células produtoras da melanina; e o não melanoma, responsável por 30% de todos os casos de tumores malignos registrados no País”, explica a fisioterapeuta Daniela Schuh Valente.

A profissional ressalta que a principal recomendação para a prevenção do câncer de pele é evitar a exposição ao sol, principalmente nos horários em que os raios solares são mais intensos (entre 10h e 16h), bem como utilizar óculos de sol com proteção UV, roupas que protegem o corpo, chapéus de abas largas, sombrinhas e guarda-sol.

“Atualmente, estão disponíveis no mercado roupas e acessórios com proteção UV, que dão maior proteção contra os raios solares. Em caso de exposição solar necessária, principalmente em torno do meio-dia, recomenda-se a procura por áreas cobertas que forneçam sombra. O uso de filtro solar com fator de proteção solar (FPS) 15 ou mais é fundamental, principalmente quando a exposição ao sol é inevitável”, concluiu a fisioterapeuta.

Dezembro Laranja

O mês de dezembro utiliza a cor laranja na campanha promovida pela Sociedade Brasileira de Dermatologia para prevenção contra o câncer de pele desde 2014.

Esse tipo de câncer é o que mais afeta pessoas no Brasil e no mundo, sendo registrado só no país 180 mil novos casos por ano. A principal causa do tumor é o excesso de exposição ao sol, especialmente em pessoas acima dos 40 anos.

Ajustar fonte